Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

Chile: o plano para buscar desaparecidos do regime militar de Pinochet

0


Gabriel Boric

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

Boric lançou o Plano Nacional de Busca no Dia Internacional das Vítimas de Desaparecimentos Forçados

Poucos dias antes do golpe de Augusto Pinochet no Chile completar 50 anos, o presidente Gabriel Boric assinou um decreto para formalizar o Plano Nacional de Busca de Vítimas de desaparecimento durante o regime militar.

“Assumimos como Estado, não apenas como governo, a remoção de todas as barreiras para esclarecer as circunstâncias do desaparecimento e/ou morte das vítimas”, afirmou o presidente chileno durante uma cerimônia no Palácio de La Moneda, a sede da Presidência, na qual estava rodeado de políticos, ativistas dos direitos humanos e familiares das vítimas.

Mais de 3.200 pessoas foram detidas, executadas ou desapareceram em um contexto político durante o período em que Pinochet governou, entre 1973 e 1990, segundo estimativas de comissões oficiais.

Os restos mortais de cerca de 1.500 dessas vítimas ainda não foram encontrados.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.