Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

Como ex-estudante de medicina brasileiro acusado de estupro de irmãs e prima foi preso na Argentina

0


  • Marcia Carmo
  • De Buenos Aires para a BBC News Brasil

Brasileiro preso na Argentina

Crédito, Polícia Federal Argentina

Legenda da foto,

Brasileiro foi condenado a 33 anos de prisão pelo abuso de uma das irmãs

Atenção: esse texto contém relatos que podem ser perturbadores para alguns leitores

Quando foi abordado por policiais federais argentinos, numa rua do balneário de Mar del Plata, um ex-estudante de medicina de 24 anos usou seu nome falso. Com esse nome falso, ele tinha morado num hostel e conseguido trabalho, primeiro, em um restaurante do badalado bairro de Palermo, em Buenos Aires, e depois, ainda em fuga da polícia do Brasil e da Interpol, como garçom em Mar del Plata.

Nos seus dias na capital argentina, ele desfrutou dos parques da cidade e da conhecida Plaza Serrano, fez registros da sua nova vida nas redes sociais, deixando pistas para os investigadores, apesar do nome inventado. O ex-estudante de medicina já tinha sido procurado no Brasil, em Portugal e na Espanha, até que surgiram os “indícios cibernéticos” de que ele estaria em terras portenhas.

“Fizemos diligência em ambiente cibernético (rede social), cruzamos informações e aí pegamos indícios de que ele poderia estar em Buenos Aires”, contou o superintendente de Operações Integradas da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí, Matheus Lima Zanatta. A investigação iniciada no Piauí incluiu a Interpol no Brasil e, na sequência, a Polícia Federal e a Interpol na Argentina.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.