Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

G-77: Diante de plenária quase vazia, Lula condena embargo a Cuba e exalta cooperação Sul-Sul

0


Lula diante de plenária da cúpula do G77

Crédito, Mariana Sanches/BBC News Brasil

Legenda da foto,

Lula (no telão) diante de plenária da cúpula em Havana; ‘G-77 foi fundamental para expor as anomalias do comércio global’, afirmou presidente brasileiro

  • Author, Mariana Sanches
  • Role, Enviada da BBC News Brasil a Havana (Cuba)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou seu discurso na cúpula G-77+China a uma plateia que deveria estar repleta de delegações de cem países e ao menos 16 chefes de Estado, mas que estava praticamente vazia na manhã deste sábado (16/9).

Quando o anfitrião da cúpula, o presidente cubano Miguel Díaz-Canel, o chamou ao púlpito, pouco depois das 9h local, não houve aplausos e Lula parecia nem entender que já estava com a palavra.

Avisado por integrantes da delegação brasileira, ele caminhou ao palco para um discurso de cerca de 10 minutos no qual criticou o embargo americano a Cuba e a inclusão do país na lista de nações patrocinadoras de terrorismo, elogiou a diversidade do G-77, que corresponde a 79% da população mundial, apontou a falta de representatividade dos atuais mecanismos multilaterais, voltou a cobrar dos países ricos a conta pelas mudanças climáticas e exaltou a cooperação Sul-Sul, da qual disse que o Brasil era pioneiro.

“O G-77 foi fundamental para expor as anomalias do comércio global e para defender a construção de uma Nova Ordem Econômica Internacional. Infelizmente, muitas das nossas demandas nunca foram atendidas”, afirmou Lula em seu discurso.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.