Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

O homem que passou 17 anos preso por engano pelo assassinato dos pais

0


  • Rafael Abuchaibe (@RafaelAbuchaibe)
  • BBC News Mundo

Marty Tankleff durante seu julgamento

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

Marty Tankleff cumpriu 17 anos de prisão pelo assassinato dos pais

Em setembro de 1998, no primeiro dia de aula, Marty Tankleff, um adolescente americano de 17 anos, acordou e encontrou sua mãe morta e seu pai gravemente ferido em seu escritório.

O jovem fez o que qualquer pessoa sensata teria feito naquela situação: ligou para o serviço de emergência, acessado nos EUA discando 911.

“[Eu estava] em pânico total, em choque. Não há como descrever o momento porque o que aconteceu comigo é algo pelo qual ninguém deveria passar”, disse Tankleff ao programa Outlook da BBC.

Marty nunca imaginou que depois daquela ligação ele se tornaria o principal suspeito do assassinato de seus pais – e que passaria 17 anos na cadeia por um crime que não cometeu.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.