Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

O que explica atenção maior a submarino Titan do que a tragédia ‘sem rosto’ no Mediterrâneo?

0


Barco com cerca de 700 imigrantes antes de naufragar, no dia 14

Crédito, Guarda Costeira da Grécia

Legenda da foto,

Barco com cerca de 700 imigrantes antes de naufragar, no dia 14; há críticas de que cobertura e interesse foram inferiores à tragédia com Titan

  • Author, Paula Adamo Idoeta
  • Role, Da BBC News Brasil em Londres

Em 14 de junho, começou a se desenrolar um dos naufrágios mais mortais da história recente do Mediterrâneo: um barco superlotado com estimados 700 migrantes – a maioria do Paquistão, Síria e Egito, e incluindo estimadas 100 crianças – afundou perto da costa grega, sem que houvesse interferência da Guarda Costeira do país, agora acusada de negligência.

Centenas de pessoas seguem desaparecidas, enquanto a ONU pede investigação do caso.

Quatro dias depois, em 18 de junho, o submersível Titan, que levava cinco tripulantes para uma missão exploratória turística aos destroços do Titanic, perdeu contato com sua base, desencadeando operações da Marinha americana e das guardas costeiras dos EUA e Canadá.

Foram cerca de dez embarcações empregadas nas buscas, acompanhadas passo a passo no noticiário por milhões de pessoas ao redor do mundo – até o anúncio de que o Titan provavelmente implodiu, tirando a vida dos seus tripulantes.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.