Notícias
Informações do que está acontecendo no mundo.

Quem foi Benjamin Lay, a ‘pessoa mais radical’ do radical século 18

0


Pintura mostra Lay com livro em frente a uma árvore

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

Uma peça teatral recente, intitulada The Return of Benjamin Lay, foi inspirada em sua vida e mente revolucionária. Aqui, ele foi retratado pelo pintor Williams Williams (por volta de 1750-1758)

  • Author, Redação
  • Role, BBC News Mundo

Benjamin Lay tinha cerca de 1,2 metro de altura, mas sua estatura moral era muito elevada.

Ele foi militante vegetariano, feminista, abolicionista e se opunha à pena de morte — uma combinação de valores que o colocava séculos à frente dos seus contemporâneos.

Lay era quaker. Ele era corcunda e sua educação formal foi limitada. Mas ele estudou e chegou a imaginar um mundo mais justo para todas as criaturas que nele habitam, humanos e animais. Todos eram seus semelhantes.

Lay viveu no século 18 — o Século das Luzes, que presenciou a transformação radical de todo o pensamento do mundo ocidental. Ele nasceu na Inglaterra e passou anos navegando pelos mares, até assentar-se por algum tempo nas plantações de açúcar de Barbados, terminando finalmente no território britânico que passaria a formar os Estados Unidos.

Link da BBC News | Brasil

Síntese
Author: Síntese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.